HOMEM, NÃO ESQUEÇA DE SUA MISSÃO! DEUS ESPERA MAIS DE VOCÊ!

Tempo de leitura: menos de 1 minuto

Para alguns pais de família, o fato de suprirem as necessidades materiais de suas famílias, já consideram suficiente e que o dever foi cumprido.

Talvez, o fato de nossa sociedade ter uma forte herança machista, esse tipo de pensamento, de certo modo é bastante comum e com a sensação de dever cumprido já pode ir tomar sua cerveja sossegadamente e deixar a criação e os cuidados dos filhos quase que exclusivamente para a esposa.
No entanto, Deus chama o homem não só para ser o provedor da casa, mas o chama para ser o cabeça da casa. Talvez esse tipo de afirmação, hoje cause certo desconforto e até mesmo revolta por parte de algumas mulheres, já que o pensamento disseminado pelo mundo é o falso feminismo, extremamente nocivo as mulheres.
Na carta de São Paulo aos Efésios, capítulo 5, versículos 22 a 25 “As mulheres sejam submissas a seus maridos, como ao Senhor, pois o marido é o chefe da mulher, como Cristo é o chefe da Igreja, seu corpo, da qual ele é o Salvador. Ora, assim como a Igreja é submissa a Cristo, assim também o sejam em tudo as mulheres a seus maridos. Maridos, amai as vossas mulheres, como Cristo amou a Igreja e se entregou por ela.”. Mas ao contrário do muitos dizem, a interpretação bíblica é diferente da interpretação literal do mundo, quando na Palavra fala para as mulheres serem submissas não está dizendo para a mulher se humilhar e nem ser capacho do marido. Fala sobretudo em ser suporte, auxiliadora, companheira, porto seguro do marido e da família. Mas para a mulher exercer com mais excelência seu papel, é preciso sentir segurança do marido, seja ela física, financeira, afetiva e espiritual.
Muitos pais de família se omitem na totalidade de seu papel, não dão atenção e carinho à esposa, não participam na educação dos filhos e infelizmente, o pior e certamente a causa dos demais problemas, não buscam a Deus e não evangelizam suas famílias. A autoridade espiritual sobre sua família vem diretamente de Deus, tenha certeza que bênção de padre nenhum tem mais poder que a bênção de um pai de família para sua esposa e seus filhos.
Alguns ainda dizem, “vou batizar meu filho e quando ele crescer, ele decide o que quer seguir”, seria engraçado se não fosse tão trágico. Seria a mesma coisa que deixar o filho decidir se toma ou não vacina e se estuda ou não estuda.
Com isso, em muitos casos há uma sobrecarga de responsabilidades para as mulheres, que se desdobram trabalhando fora, cuidando da casa, cuidando da educação e com isso a educação religiosa geralmente fica em segundo plano.
Note que na passagem da Sagrada Escritura diz para os maridos amarem suas mulheres, mas não fala para as mulheres amarem seus maridos. Estranho né?! Mas não, a mulher quando se sente protegida, amparada e amada inevitavelmente amará o marido, não é preciso mandamento, é uma característica feminina.
A mulher conquistou seu espaço na sociedade com certeza, por merecimento. No entanto, há um pensamento errado em que o homem e a mulher tenham absolutamente direitos iguais, o que na grande maioria das vezes confundem os papéis de um e de outro. Não digo que a mulher esteja num degrau abaixo e tão pouco o homem num degrau acima. O homem e a mulher estão no mesmo degrau, mas com suas características peculiares preservadas, pois se completam.
O homem com a característica física mais forte e o pensamento mais racional protege a mulher, que além de mais frágil fisicamente é mais sentimental, sensível e também precisa de segurança e se sentir segura. A característica meiga e sensível da mulher ampara e conforta o homem na caminhada. O homem precisa se sentir amado e querido e a mulher precisa se sentir segura. Ou seja, um completa o outro! Nem o homem é melhor que a mulher e nem a mulher melhor que o homem, são diferentes e se completam. No Evangelho segundo São Marcos, capítulo 10, versículo 8 diz “e os dois não serão senão uma só carne. Assim, já não são dois, mas uma só carne.”
Meu amigo, Deus espera mais de você! Espera que você seja realmente o cabeça da casa, seja o provedor e supra as necessidades materiais dos seus, espera que você eduque seus filhos e cuide de sua esposa de joelhos, em oração buscando constantemente o Senhor e que evangelize seus filhos e sua esposa. Você tem a obrigação de ser também, provedor espiritual de sua casa e claro, ajudar nas tarefas domésticas especialmente se sua esposa trabalhe fora. Afinal, todo mundo merece descanso e ajuda, sua esposa então, um presente de Deus para você principalmente.
Família é projeto de Deus e por isso é forte e constantemente bombardeada pelo inimigo, com pensamentos mundanos que destoam do verdadeiro projeto de Deus e com constante tentação, para que o homem ou a mulher caiam e com isso mais um projeto de Deus seja desfeito.
Portanto meu irmão, seja o que Deus espera que você seja! Proclame “Eu e minha casa serviremos ao Senhor”!
A Paz!
Fernando Y. Kanizawa
[email protected]

CAMINHO SAGRADO

www.caminhosagrado.com
www.facebook.com/jesusfilhodedavitemmisericordiademim
@jesusmariajosek

Comments

comments

Cadastre seu e-mail para receber nossas publicações:

Delivered by FeedBurner

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *