O debate na TV Aparecida e a posição de alguns Bispos

Tempo de leitura: 10 minutos

No dia 20 de setembro foi transmitido na TV Aparecida o debate dos presidenciáveis promovido pela CNBB, Conferência Nacional dos Bispos do Brasil. Havia uma grande expectativa por parte de muitos católicos em torno desse debate em um sistema de comunicação católico.

A expectativa não era por menos, estamos em um dos pleitos eleitorais mais conturbados da história do Brasil, com direito a atentado contra a vida de um dos candidatos, pessoas ligadas a outros afirmando que irão tomar o poder e que isso não é a mesma coisa que ganhar eleição. Candidatos e vices intimamente ligados a causa LGBT como sexualização das crianças através por meio da ideologia de gênero e temas contra a vida.

Um dos candidatos, Ciro Gomes, até poucos dias apresentado com um postulante com chances reais de ascender ao poder, ex-ministro do governo mais corrupto e imoral da história do Brasil que igualmente ao PT, tem ideologia marxista e por isso, tem apoio do Partido Comunista Chinês e de governos ditatoriais como da Bolívia e Venezuela. Esse candidato em uma de suas falas falou claramente que um de seus projetos é acabar com a hipocrisia da moral católica. Questionado em outra oportunidade sobre os governos socialistas que não deram certos, ele mesmo assim disse que prefere “correr o risco e tentar implantar isso no Brasil.” Em outra oportunidade, claramente falou que usa os Bispos como massa de manobra omitindo projeto a favor do aborto e casamento de pessoas do mesmo sexo e entre outros tantos fatos.

A candidata Marina Silva que se diz ex-católica que um dia sonhou em ser Freire e hoje se diz protestante evangélica se pronuncia a favor do aborto e ideologia de gênero. Também foi ministra do governo do PT. Foi guerrilheira do PC do B na Guerrilha do Araguaia, que foi um movimento de luta armada comunista que tinha por planos a implantação de um governo totalitário no Brasil. Foi combatido e extinto pelo Exército Brasileiro e se hoje existisse, sem dúvida, seria algo muito semelhante às FARCS da Colômbia, Força Armadas Revolucionárias da Colômbia. Sem mencionar, que seu candidato a vice é a favor da legalização das drogas no Brasil.

O candidato Fernando Haddad, tido como pior prefeito do Brasil em 2014 teve inexpressivo desempenho em sua reeleição. O exemplo dos demais foi também ministro do governo do PT e conhecido como o pai do Kit Gay, que consistia em ensinamentos sexuais inadequados para crianças de pouca idade. Além do mais, é militante da causa LGBT, a favor da ideologia de gênero, aborto, etc. É comandado direto da prisão e já expressou que um de seus primeiros atos se eleito é a anistia do ex-presidente Lula, um dos maiores corruptos da história recente do mundo, não só do Brasil, mas do mundo.

Guilherme Boulos, inexpressivo candidato, mas de forma assustadora uma pessoa como essa se coloca como candidato ao cargo mais importante do país. Invasor de propriedades em nome de uma pretensa justiça social que após a invasão extorque e cobra o aluguel de prédios que não são deles de famílias que vivem em situação de vulnerabilidade. Assim como os demais têm na sua agenda as mesmas coisas que são contra os valores cristãos.

São quatro candidatos com a mesma ideologia política e na prática só mudam realmente o partido no qual são filiados com pequenas e diria inexpressivas diferenças entre eles. São a favor do controle estatal, controle dos meios de produção, controle de imprensa, ou seja, um estado totalitário com a suposta prerrogativa de defender a democracia.

Outros candidatos como Geraldo Alckmin e Álvaro Dias que se colocam como o anti-petistas. Alckmin não tem um posicionamento muito definido com temas morais, certamente faz o jogo depende de quem pergunta haverá a respostas. Álvaro Dias, talvez até tenha boas intenções, mas não tenha chance nenhuma de chegar à presidência da República.

O candidato Henrique Meirelles, tido como um excelente economista foi também ministro do governo do PT e presidente do Banco Central e a economia está como está, mas segundo ele fez muita coisa por lá. Será mesmo? Faz parte do mesmo pacotão de corruptos que colocaram o Brasil nessa situação.

E por último, diria uma surpresa pelo desempenho nas pesquisas, João Amoedo, banqueiro ligado ao grupo Itaú. No mínimo curiosas algumas pessoas dizendo que votará nessa pessoa porque ele vai organizar a economia. Pense bem, votar num banqueiro para combater banqueiro, é a mesma inocência de votar no PT e apoiadores para combater corrupção, ou seja, votar em bandido para combater bandido. Sem contar, que o Itaú foi dos financiadores da exposição no Museu de Arte Moderna de São Paulo, onde crianças podiam tocar em um homem nú.

E por isso, por esse cenário caótico de candidatos a expectativa era grande de que os bispos fizessem perguntas que realmente esclarecessem os fiéis católicos não só no que tange a economia, segurança e saúde, mas também no que tange a valores que tanto defendemos como família e vida.

Infelizmente, com exceção da pergunta de Dom João Bosco Barbosa sobre o aborto as demais perguntas foram feitas como se fosse a qualquer outro veículo de comunicação. Os bispos tiveram a chance ímpar de questionar, por exemplo, como o candidato Ciro Gomes iria acabar com a moral católica ou como o Fernando Haddad iria tratar essa questão de gênero que é um perigo real e extremamente nocivo as crianças ou então questionar a candidata Marina Silva sobre suas posições no mínimo questionáveis ainda mais um cristão acerca desses temas. Mas não! Não foi assim, infelizmente.

O Papa Emérito Bento XVI exortava tanto acerca do que ele chama de ditadura do relativismo e como ela ainda é tão viva dentro ao alto clero da Igreja. Dom Antonio Cañizares, em 15 de agosto de 2004, enquanto ainda era Arcebispo de Toledo e Primaz da Espanha dizia: “A Igreja em sua peregrinação ao longo do século XX e início do século XXI passou por muitas tribulações e teve que travar batalhas contra o poder das trevas. Talvez nunca na história foi tão perseguida como neste período”.

Não acredito que os Bispos tenham que falar publicamente seu voto, defender candidato ou partido, mas que sim, tenham que orientar com uma boa catequese católica para a escolha dos candidatos. Mas não bastasse a omissão em um dos artigos postados também no dia 20 setembro no site da CNBB Sul de Dom Reginaldo Andrietta com o título “Votar com Lucidez”.

Com todo respeito ao Bispo, mas ele não fez absolutamente nada do que reproduzir o que a mídia tem falado do candidato Jair Bolsonaro absolutamente nada. Os rótulos de machistas, homofóbico (como se isso existisse no Brasil), preconceito contra mulheres e pobres que na verdade, servem perfeitamente para o candidato Ciro Gomes e que com certeza o Bispo sabe que é mentira mesmo assim reforçou o que a mídia diz.

Mais curioso ainda que ele reproduza o pensamento de uma mídia mal intencionada e profundamente anti católica e, portanto, anti cristã reproduz de forma diária e regular em todos os meios. A mídia que quase sempre distorce o que o Papa diz ao seu bel prazer, distorce o que a Igreja ensina e usa de um sensacionalismo tamanho para falar quando surgem escândalos com membros do clero.

Reproduz o mesmo pensamento de pessoas “formadas” por esses meios de comunicação e que consomem diariamente e apenas as informações por esse sistema de informação promíscuo e imoral. Uma mídia que exalta carnaval e artistas fúteis, que distorcem realidades históricas não só do Brasil, mas da história da Igreja também.

A mídia que eleva à enésima potencia a opinião de pessoas como a Anita, falando de machismo sendo que todas as suas músicas denigrem o papel da mulher com letras imorais e essas sim, completamente machistas. Pessoas como Débora Secco falando de moralidade, mas que afirma claramente que traiu todos os seus parceiros e entre tantas outras celebridades ou sub celebridades beneficiadas pela Lei Rouanet.

A grande maioria dos brasileiros é de pensamento conversador, mesmo sem saber, mas são e não têm representantes na imprensa. Não temos um meio de imprensa de grande circulação de pensamento conservador. Não temos um governo de pensamento conversador e infelizmente, com tristeza digo isso, não temos um clero de pensamento conservador.

Graças a Deus não são todos, é uma minoria dentro da CNBB, mas é uma pena que uma minoria cale a grande maioria.

Se o Bispo em seu artigo dissesse que o Bolsonaro não é o melhor e não é o bom preparado acredito que até os eleitores mais ferrenhos dele concordaria. Mas nitidamente querer vincular essa imagem de machista e homofóbico realmente não condiz com a realidade.

Bolsonaro é o mau menor! O menos péssimo! O remédio amargo contra esse parasitas vermelhos que tanto mau fazem ao Brasil e a Igreja.

Incrivelmente o Bispo, ou melhor, alguns Bispos e Padres defendem candidatos de pensamento ideológico marxista mesmo com inúmeros argumentos ideológicos e exemplos históricos de que esse pensamento é contra a fé cristã! Alguns exemplos como foi na Espanha, no México, na França, da União Soviética, na China, Coréia do Norte e recentemente em nossos vizinhos Bolívia em que o culto religioso foi proibido e na Venezuela que se não bastasse a miséria material a religião cristã é fortemente atacada.

Católicos leigos, muitas vezes sem apoio, fazem de tudo para formação comprando livros, estudando, rezando, formando mais pessoas indo a Câmaras Municipais, Assembléias Legislativas para que leis que vão contra a vida e a família não sejam aprovadas para depois, um Bispo, mesmo que se não concordasse com o único candidato que é defende nossa bandeira ficasse no mínimo em silêncio. É aquela velha história, nós juntamos com colher, alguns vêm e tiram com a pá.

Talvez por posições como essas, que a CNBB hoje no meio dos católicos leigos já quase não tem mais crédito algum. A estratégia é a mesma dos militantes sem batina, ou seja, é democracia só quando é de nosso interesse senão for, não é democracia.

A fuga em massa de católicos para outras denominações cristãs, mesmo eu não concordando é compreensível diante de posturas como essas.


A Paz!

Fernando Y. Kanizawa
[email protected]

CAMINHO SAGRADO
www.caminhosagrado.com
www.facebook.com/caminhosagradoweb
@jesusmariajosek
www.instagram.com/caminhosagradodosenhor

Comments

comments

Cadastre seu e-mail para receber nossas publicações:

Delivered by FeedBurner

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *