Satanismo e esoterismo geram “emergência pastoral” de exorcismos, afirma associação internacional de exorcistas

Tempo de leitura: menos de 1 minuto

Exorcismo - Caminho Sagrado
Há poucos dias, se reuniram em Roma os membros da Associação Internacional de Exorcistas (AIE). 
Entre os temas que trataram os sacerdotes da associação, esteve o da “emergência pastoral” ocorrida devido ao aumento em todo o mundo de casos que requerem um exorcismo.

Uma das razões para a crise é a crescente influência do satanismo, do ocultismo e do esoterismo.
Em declarações públicas o porta-voz desta associação, o psiquiatra Valter Cascioli, explicou que “em comparação a anos atrás o número de exorcistas aumentou. Entretanto sempre digo que também há uma necessidade pois a carência destes está se convertendo em uma emergência pastoral”.
O médico italiano que colabora com esta associação, indicou logo que atualmente no mundo todo “o número de ocorrências de atividade demoníaca extraordinária está em aumento”.
Esta atividade, disse, pode dar-se por infestação (quando o demônio possui um lugar) possessão (em cujo caso se deve ir a um sacerdote e não a um bruxo) ou obsessões diabólicas.
Cascioli referiu ainda que o aumento se deve também “ao desenvolvimento de um interesse e as práticas que relacionadas com o mundo esotérico, o ocultismo e o satanismo”.
O perito psiquiatra explica logo que “há alguns países no mundo aonde nem sequer há um exorcista. As atividades demoníacas e as consequências das que falamos estão se difundindo em todo mundo, não é um fenômeno cultural”.
“O que está acontecendo não está condicionado pelos laços étnicos, nem está tampouco limitado a uma área geográfica específica”, conclui.
No último 13 de junho a Congregação para o Clero reconheceu juridicamente a Associação Internacional de Exorcistas (AIE), que hoje conta com 250 sacerdotes em trinta países de todo o mundo.
A ideia de reunir em associação os exorcistas foi do Padre Gabriele Amorth, famoso exorcista da diocese de Roma (Itália), quem, desde a década de 80 advertiu que grande número de testemunhos sobre perigos e ameaças do diabo, se deve a práticas de ocultismo entre os fiéis.

Comments

comments

Cadastre seu e-mail para receber nossas publicações:

Delivered by FeedBurner

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *